quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Piso elevado

No cenário corporativo onde a demanda por flexibilidade nas instalações de infraestrutura de cabos para transmissão de redes de dados,voz e elétrica e as mudanças de layout são fundamentais, o piso elevado, sem dúvida, é uma das melhores alternativas para evitar o constante quebra-quebra.

A solução não é nova mas muitas pessoas ainda o desconhecem e principalmente os escritórios de pequeno porte preferem não investir nessa tecnologia. Mas o que é o piso elevado e para que serve? O produto foi desenvolvido para criar um espaço livre entre o piso e a laje original da construção, ocultando os fios e cabos de rede elétrica, de dados e de voz. Criado há cerca de 40 anos para o ambiente de CPD (centro de processamento de dados) foi concebido para suportar as altas cargas, concentradas e distribuídas, dos computadores centrais e facilitar a manutenção através de placas removíveis. 

Resumindo é como se todo o mobiliário fosse montado por cima de uma grande tablado altamente resistente. O acabamento nas áreas de trabalho e circulação é feito normalmente com carpetes em placa pois facilita a manutenção: é só remover as placas de carpete, desparafusar as peças do piso elevado e mexer no que for necessário na fiação. Nas áreas do CDP o acabamento deve ser feito com piso anti-estático para evitar condução de energia elétrica que pode danificar os equipamentos, por isso, normalmente opta-se por utilizar pisos vinílicos ou emborrachados.

Existem diversas empresas especializadas na fabricação e instalação desses pisos. Inclusive empresas que trabalham com soluções ecológicas usando perfis e bases termoplásticas feitas de material reciclado e que conseguem ainda integrar o sistema do piso ao de cabeamento prometendo altura mínima de 7cm enquanto o piso convencional precisa de pelo menos 12cm de altura para passagem das eletrocalhas.

Além da estrutura, algumas empresas fornecedoras dos acabamentos conseguem fazer a instalação de carpetes utilizando cola à base de água, uma evolução à antiga cola de contato que possui um odor muito forte. Além disso a cola à base água funciona como um velcro, mesmo removendo o carpete ela não perde o adesivo mas para isso a superfície que foi aplicada a cola precisa ser mantida limpa.

Bons negócios!

Fontes: Remaster
Imagens: Remaster

Nenhum comentário:

Postar um comentário